É tentador mas…

É tentador mas….

Leiam que vale a pena

 

 

 

 Olá meu caros amigos e participantes do grupo, esta mensagem destina-se a dar a conhecer àqueles que ainda não conheçam o site da publipt. a publipt é um site que nos paga para ler-mos emails e navegar na net, alem de nos atribuir e eventualmente também pagar por cliques, eu estou lá inscrita e já ganhei e continuo a ganhar claro algum dinheiro, para tudo isto é apenas preciso um pouco de paciência para preencher os nossos dados no formulário que nos é apresentado e depois, é só abrir-mos diariamente a nossa caixa de correio electrónico e ler os emails premiados que eles nos enviam, não é logo de imediato que a gente começa a ver dinheiro a crescer na conta mas verão que ao fim de alguns meses os resultados começam a aparecer e como já dizia a minha avó é de grão em grão que as galinhas enchem o papo, por isso meus queridos/as amigos/as mãos à obra!!

http://www.publipt.com/pages/index.php?refid=haryhanne

Leiam que vale a pena

 

 

 

 Olá meu caros amigos e participantes do grupo, esta mensagem destina-se a dar a conhecer àqueles que ainda não conheçam o site da publipt. a publipt é um site que nos paga para ler-mos emails e navegar na net, alem de nos atribuir e eventualmente também pagar por cliques, eu estou lá inscrita e já ganhei e continuo a ganhar claro algum dinheiro, para tudo isto é apenas preciso um pouco de paciência para preencher os nossos dados no formulário que nos é apresentado e depois, é só abrir-mos diariamente a nossa caixa de correio electrónico e ler os emails premiados que eles nos enviam, não é logo de imediato que a gente começa a ver dinheiro a crescer na conta mas verão que ao fim de alguns meses os resultados começam a aparecer e como já dizia a minha avó é de grão em grão que as galinhas enchem o papo, por isso meus queridos/as amigos/as mãos à obra!!

http://www.publipt.com/pages/index.php?refid=haryhanne

QUEM SÃO OS PORTUGUESES?

 
 

 

 

QUEM SÃO OS PORTUGUESES?

 

Os portugueses são resultado da mistura de vários povos ao longo da História. Quando em 1415 tem início a grande empreitadas descobertas, multiplicam-se os contactos.

1415 conquista de Ceuta.
Início da Expansão Portuguesa. No século XXI há mais de 200 milhões de pessoas que falam Português. Esta é a 5.ª   língua mais falada do Mundo. 50 Milhões de pessoas são descendentes de portugueses,
34 milhões das quais vivem no Brasil.

7800  a. C. Povos do Norte de África imigram para a Península. Já conhecem a agricultura .

(São os Iberos)

700 a . C. Presença dos Fenícios no Sul do País.
Os Fenícios vêm da região que actualmente corresponde ao Líbano.

500 a .C. chegada dos Celtas originários do Vale do Reno, convivem pacificamente com os Iberos originando, segundo alguns historiadores a cultura Celtibera.
 

Gregos instalam-se no Sul da Península Ibérica.

300 a . C. Cartagineses (vieram da actual Tunísia).

218 a . C. Romanos- fixam-se na Península Ibérica.
Encontraram forte resistência na zona ocidental    do Território da parte dos Lusitanos, um dos povos celtiberos comandados por Viriato.
Com os Romanos chegam os Judeus.

411 Invasões Germânicas Povos Alanos
( vêm da Sibéria),
Vândalos e    Suevos, estes originários da Europa central  
711 Invasões Árabes- Muçulmanos da Península Arábica
868 Reconquista Cristã da cidade do Porto

1250 Reconquista Cristã do Algarve

 

FALAR DE RAÇA PORTUGUESA NÃO FAZ SENTIDO

Os portugueses, como quase todos os outros povos, são resultado da mistura, ao longo da História  de gente de varias origens. Por isso, explica o historiador e professor universitário, António Costa Pinto, não faz sentido falar de raça portuguesa. A celebração do dia da raça antes do 25 de Abril associava-se não ao ideal de pureza genética mas à unidade do Império.
O historiador lembra que o Estado Novo    tardio chegou até a apresentar os portugueses como especialmente vocacionados para a miscigenação.
Tal como outros fascismos europeus, o português não teve dimensão rácica ou racista, ao contrário   por exemplo, do nacionalismo alemão
“Muitas democracias herdaram feriados nacionais deste tipo. Em Portugal transformou-se na celebração das comunidades portuguesas.” Notando que, nos últimos 20 anos, o País passou a ser um destino de imigração, o historiador entendeu que deveria aproveitar-se a data para sublinhar “ a natureza multicultural que hoje tem a democracia portuguesa”. 

Textos retirados do Jornal o Correio da manhã
 

QUEM SÃO OS PORTUGUESES?

 
 

 

 

QUEM SÃO OS PORTUGUESES?

 

Os portugueses são resultado da mistura de vários povos ao longo da História. Quando em 1415 tem início a grande empreitadas descobertas, multiplicam-se os contactos.

1415 conquista de Ceuta.
Início da Expansão Portuguesa. No século XXI há mais de 200 milhões de pessoas que falam Português. Esta é a 5.ª   língua mais falada do Mundo. 50 Milhões de pessoas são descendentes de portugueses,
34 milhões das quais vivem no Brasil.

7800  a. C. Povos do Norte de África imigram para a Península. Já conhecem a agricultura .

(São os Iberos)

700 a . C. Presença dos Fenícios no Sul do País.
Os Fenícios vêm da região que actualmente corresponde ao Líbano.

500 a .C. chegada dos Celtas originários do Vale do Reno, convivem pacificamente com os Iberos originando, segundo alguns historiadores a cultura Celtibera.
 

Gregos instalam-se no Sul da Península Ibérica.

300 a . C. Cartagineses (vieram da actual Tunísia).

218 a . C. Romanos- fixam-se na Península Ibérica.
Encontraram forte resistência na zona ocidental    do Território da parte dos Lusitanos, um dos povos celtiberos comandados por Viriato.
Com os Romanos chegam os Judeus.

411 Invasões Germânicas Povos Alanos
( vêm da Sibéria),
Vândalos e    Suevos, estes originários da Europa central  
711 Invasões Árabes- Muçulmanos da Península Arábica
868 Reconquista Cristã da cidade do Porto

1250 Reconquista Cristã do Algarve

 

FALAR DE RAÇA PORTUGUESA NÃO FAZ SENTIDO

Os portugueses, como quase todos os outros povos, são resultado da mistura, ao longo da História  de gente de varias origens. Por isso, explica o historiador e professor universitário, António Costa Pinto, não faz sentido falar de raça portuguesa. A celebração do dia da raça antes do 25 de Abril associava-se não ao ideal de pureza genética mas à unidade do Império.
O historiador lembra que o Estado Novo    tardio chegou até a apresentar os portugueses como especialmente vocacionados para a miscigenação.
Tal como outros fascismos europeus, o português não teve dimensão rácica ou racista, ao contrário   por exemplo, do nacionalismo alemão
“Muitas democracias herdaram feriados nacionais deste tipo. Em Portugal transformou-se na celebração das comunidades portuguesas.” Notando que, nos últimos 20 anos, o País passou a ser um destino de imigração, o historiador entendeu que deveria aproveitar-se a data para sublinhar “ a natureza multicultural que hoje tem a democracia portuguesa”. 

Textos retirados do Jornal o Correio da manhã
 

Falando de amigos de quatro patas, caudas e bigodes

 
 

  Falando de amigos de quatro patas,

apesar de se dizer por vezes que eles não sabem agradecer, eu não concordo lá muito porque eu entendo quando eles agradecem por um carinho, é facil, basta reparar como eles abanam a cauda entusiasmados quando lhes fazemos uma festa, ou lhe damos alimento, ver os seus grande olhinhos meigos que nos fitam com imensa ternura e fidelidade,

ou então no caso dos gatinhos basta escutar o seu delicioso ronronar e como eles se aninham no  nosso colo, é, os bichinhos falam com a gente precisamos é saber entendêlos… 

 

 
                                                    

 

Falando de amigos de quatro patas, caudas e bigodes

 
 

  Falando de amigos de quatro patas,

apesar de se dizer por vezes que eles não sabem agradecer, eu não concordo lá muito porque eu entendo quando eles agradecem por um carinho, é facil, basta reparar como eles abanam a cauda entusiasmados quando lhes fazemos uma festa, ou lhe damos alimento, ver os seus grande olhinhos meigos que nos fitam com imensa ternura e fidelidade,

ou então no caso dos gatinhos basta escutar o seu delicioso ronronar e como eles se aninham no  nosso colo, é, os bichinhos falam com a gente precisamos é saber entendêlos…